terça-feira, 12 de abril de 2011

Bomba Centrífuga - Esquema básico de instalação e cuidados

Olá amigos!

Ao longo dos anos, trabalhando neste mercado a mais de 15 anos, verifiquei que por muitas vezes, clientes comprometiam o funcionamento  e reduziam a vida útil de bombas pelo simples fato de não estar atento a certos cuidados na hora da instalação destas bombas. Muitas vezes, o "instalador" não tinha o cuidado de por falta de conhecimento, realizar uma instalação adequada.


Mas agora você pode ter o conhecimento e verificar ou fiscalizar a instalação de forma correta. Não deixe de ficar atento as dicas aqui mencionadas!


Falaremos de Bombas Centrífugas. Mais especificamente dos modelos CP-4, CP-6, CAM e CHS.
Bomba CP-6

Montagem da tubulação de Sucção

A tubulação deverá ter apoio próprio para não exercer peso na bomba.

A- Deve-se instalar a bomba tão próximo quanto possível, do líquido a ser bombeado. Disponha de espaço suficiente para inspeção à bomba. Instale no bocal de sucção uma união;

B- Determine com exatidão os comprimentos dos tubos que serão utilizados na instalação da sucção. Elas devem ser as mais curtas e retas possíveis, não esquecendo que o comprimento da canalização de sucção seja de tal modo, que incluindo as perdas não exceda a 6m;
C- Não se esqueça de assegurar que a válvula de pé (retenção) deverá ficar 20cm acima do fundo do poço ou 10cm acima do fundo da cisterna;

D- Quando a bomba tiver que deslocar líquidos quentes, é preciso ser colocado a uma altura tal que evite a vaporização (e cavitação¹), à entrada do rotor.

Montagem da Tubulação de Recalque


A tubulação deverá ter apoio próprio, para não exercer peso sobre a bomba.
A- Instale no bocal de recalque uma união;

B- Instale o conjunto com um “Tê”, um cotovelo e um bujão para facilitar a operação de escorvamento;

C- Instalar outra seção de tubo para adaptar o registro (vide figura abaixo);

D- Complete a instalação de elevação até o ponto de descarga;

E- Instale uma válvula de retenção próximo da bomba na coluna de elevação, para evitar variação brusca da pressão, acima ou abaixo do valor nominal de funcionamento, devido à variação brusca da velocidade da água. 
Esse fenômeno é chamado de golpe“aríete” a cada 12m.
Esquema básico de instalação


Funcionamento

 

Concluídas as instalações hidráulicas e elétricas, seguir os procedimentos:
1- Retirar o bujão do cotovelo;

2- Encher totalmente, pelo cotovelo, a carcaça da bomba com o líquido;

3- Recolocar o bujão;

4- Ligar o motor para verificar o sentido da rotação e desligar;
• Motor monofásico sai da fábrica com o sentido de rotação correto
• Motor trifásico: Caso o sentido de rotação estiver invertido (observe o sentido correto indicado pela seta), inverta a ligação de uma das fases

5- Para que a bomba comece a funcionar é necessário que toda tubulação de sucção esteja totalmente preenchida de líquido. Essa operação se chama "escorvar a bomba". Deve-se ter na distribuição da tubulação de sucção, o máximo cuidado, para que não fique ar na tubulação durante a escorva. A bomba só opera com perfeição quando todo o sistema de sucção estiver sem presença de ar. 
Caso a bomba não esteja funcionando, verifique se todo o ar foi eliminado no sistema de sucção;

6- Ligar a bomba;

7- A bomba nunca deverá operar a seco, sob o risco de danificar a vedação do eixo (selo mecânico);

8- Nunca dar a partida definitiva na bomba com o registro totalmente fechado.

Proteção
Para proteger o motor contra sobrecargas excessivas durante grandes períodos de funcionamento, este deve estar munido de uma chave de proteção contra sobrecargas de correntes. Os fusíveis não protegem o motor contra sobrecargas; só no caso de curtos-circuitos.

¹ Cavitação - é um fenômeno originado em quedas repentinas de pressão, geralmente observado em sistemas hidráulicos. A combinação entre a pressão, temperatura e velocidade resulta na liberação de ondas de choque e micro-jatos altamente energéticos, causando a aparição de altas tensões mecânicas e elevação da temperatura, provocando danos na superfície atingida[1]

Com todos esses cuidados sua bomba terá um rendimento melhor, menos consumo de energia e maior vida útil.

E não se esqueça!!
 A brasilbombas.com tem a linha completa de Bombas Dancor com frete grátis para todo Brasil!
Até breve!







4 comentários:

  1. Sobre o item 7 - para evitar danos a bomba por trabalhar a seco, sensores de nível ou de vazão, conforme o caso, podem resolver o problema e por baixo custo ou evitando gastos extras para conserto ou troca da bomba.

    Exemplos:
    Automação e proteção de bombas
    centrífugas:
    http://www.icos.com.br/Pdf/sensores_icos_automacao_de_bomba.pdf
    Acionamento automático de bomba:
    http://www.icos.com.br/Pdf/controle_de_nivel_icos.pdf
    Automação de cisternas:
    http://www.icos.com.br/Pdf/controle_de_nivel_reservatorio_icos.pdf

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde tenho um poço de 30 metros e ele joga agua para minha casa que fica 50 metros de distancia do poço. Queria saber qual a bomba adequada para minha necessidade ??

    ResponderExcluir